nasf taba

A Secretaria de Saúde de Igaracy, com o apoio do prefeito Lídio Carneiro, está realizando o 1° encontro do 5° grupo de fumantes da cidade, ministrado pela psicóloga Maria do Socorro e pela assistente social Isabel Barros, no Núcleo do Apoio à Saúde da Família (NASF). 
Os trabalhos apresentados são de conscientizar a população dos males causados pelo cigarro. O grupo conta com 17 participantes que estão tentando parar de fumar, os encontros serão semanais, com duração de 03 meses e todos com apoio psicológico, conversas e palestras sobre o tema. Além de consulta médica e entrega de medicamentos. 
Os Agentes de Saúde do município são os responsáveis pelas pessoas que entram no grupo que conta com o apoio dos profissionais das Unidades Básicas de Saúde l, ll e lll e NASF ll.
Houve um tempo que fumar era considerado por muitos, uma forma de se socializar ou até mesmo, algo que o consideravam charmoso. O ato de fumar e seus efeitos são destrutivos. Para quem ainda não sabe, quando um fumante inala a nicotina (cancerígena) ele está levando ao seu pulmão, metais pesados, entre eles, chumbo e cádmio (elemento químico de número atômico 48 e usado em reatores nucleares, extintores de incêndio automáticos, fusíveis, agrotóxicos, solvente, substâncias radioativas, polônio 210 e carbono. Além do benzopireno que facilita a combustão existente nos papéis que são usados para enrolar o fumo. Segundo dados levantados "no Brasil morrem 23 pessoas por hora devido às doenças causadas pelo tabagismo ativo e outras 7 por dia devido às doenças causadas pelo tabagismo passivo".